domingo, 26 de maio de 2013

 
 
Dicas Importantes

Aí vão algumas dicas do que fazer em casos de:
Hipoglicemia

É a queda acentuada de glicose no sangue. Quando isso acontece, o organismo não terá energia sufuciente para fuincionar de maneira adequada. Considera-se hipoglicemia quando os níveis de glicose no sangue ficam abaixo de 70 mg/dL. A aparição dos sintomas em geral é rápida, mas pode, eventualmente, ocorrer a hipoglicemia sem a apresentação de sintomas (hipoglicemia assintomática).

Alimentos recomendados para estado consciente: alimentos ricos em carboidratos e de fácil absorção, como: suco de laranja, refrigerante não dietético, bala não dietética de fácil mastigação, melzinho e açúcar. Após o uso do carboidrato de absorção rápida, verifique a glicemia depois de 15 minutos. Neste momento, a glicemia já deve ter subido. Caso a glicemia ainda esteja baixa, deve novamente comer ou beber algo com açúcar e medir outra vez a glicose após 15 minutos. Se a glicose permanecer caindo, mesmo após estes procedimentos, leve imediatamente para o hospital mais próximo, levando consigo carboidrato de absorção rápida e oferecendo até chegarem no hospital.

Importante: Evite chocolates (dietéticos ou não), leite e seus derivados, pois estes alimentos demoram para aumentar o açúcar no sangue.

Se a hipoglicemia não for adequadamente tratada poderá levar a desmaios ou até convulsões. É recomendado que o paciente, se inconsciente, seja levado imediatamente ao pronto-socorro mais próximo, informando ao médico o histórico do diabetes, os sintomas que a pessoa apresentou e o que foi feito até o momento. Não tente alimentá-lo.

Hipoglicemias noturnas podem se manifestar como pesadelos, gritos, sono agitado, suores, pele fria, pálida e úmida. Verifique a glicemia com o exame de ponta de dedo.


Hiperglicemia

É o aumento da glicose no sangue. Em geral se considera hiperglicemia  importante, valores iguais ou maiores a 250 em crianças e adolescentes. Nestes casos, é importante aumentar a ingestão de líquidos como água, chás de ervas e sucos dietéticos em pó, que deve ser oferecido aos poucos (por exemplo, uma parte a cada 15 minutos) para evitar vômitos, prevenindo assim, a desidratação.

Lembrete:
1. Não se esqueça, após tomar estes cuidados para corrigir sua glicemia, procure fazer uma "ponta de dedo".
2. As duas situações devem ser informadas ao seu médico e/ou nutricionista.

Consulte seu médico e aprenda a controlar o seu diabetes.

Faça o download do Diário de Glicemia, clique aqui!