sexta-feira, 24 de maio de 2013



ZINCO E DIABETES MELLITUS

Nos últimos anos diversos estudos apontam alterações de micronutrientes na presença de diabetes, e a deficiência de minerais ou vitaminas tem sido associada com as complicações do diabestes.

O zinco é um dos minerais mais importantes para o desenvolvimento do corpo. Não se conhecem locais de armazenamento do zinco no organismo e desta forma é necessário que seja suprido regularmente na dieta alimentar.

Este mineral encontra-se praticamente em todas as células do organismo, principalmente nos ossos, olhos, fígado, testículos e próstata (um dos órgãos do corpo mais ricos neste mineral, sendo aqui que ele desempenha um papel fundamental no controlo da produção de testosterona).

O zinco é um componente da insulina, atua como regulador da atividade da mesma. O zinco estimula a insulina a se ligar em receptores das membranas celulares, o que promove a entrada da glicose na célula.
Como o zinco atua em diversas funções de nosso corpo, a falta dele tem consequências, como fragilidade do sistema imunológico, ferimentos que não cicatrizam, dificuldade de sentir gosto salgado de alimentos, problemas na pele, aumento dos níveis de glicose no sangue, pele seca e amarelada e mau funcionamento do fígado.

Entre todos esses problemas, o que mais preocupa é o efeito que a falta de zinco provoca sobre o sistema imunológico. Isso faz com que o organismo fique muito mais exposto a todas as doenças infecciosas.

Fontes de zinco
Uma alimentação balanceada fornece as quantidades diárias de zinco para que nosso corpo fique protegido. Os alimentos campeões desse nutriente são as ostras, mas outras fontes mais comuns podem fazer parte de nosso cardápio diário.

Uma dieta com oleaginosas, como nozes e castanhas, todos os tipos de carne, arroz e pão integrais já faz o nosso sistema imunológico funcionar melhor. Além desses alimentos, a semente de abóbora, aveia, feijão e leite integral também são boas fontes desse mineral.
Procure incluir pelo menos um desses alimentos acima por dia para ter uma dose considerável de zinco na sua alimentação. Você pode ter certeza, seu organismo vai agradecer.
LEMBRANDO SEMPRE:
 
A quantidade dos alimentos também será um fator fundamental para deixar o nível de açúcar no sangue controlado. Mas essa quantidade é individualizada. Para saber isso é necessário passar por uma avaliação nutricional individualizada.
O TRATAMENTO DO DIABETES É INDIVIDUALIZADO.
CONSULTE UM ENDOCRINOLOGISTA REGULARMENTE.

FALE CONOSCO

Envie sua mensagem, sua sugestão ou crítica.
Caso queira envia a sua história teremos o maior prazer em publicá-la.

E-mail para contato
: jjj.gusmao@terra.com.br