domingo, 2 de junho de 2013

Perguntas Frequentes

Quem pode ter diabetes tipo 1?
O diabetes tipo 1 (antigamente conhecido como “diabetes insulino-dependente”) pode ocorrer em qualquer idade, porém é mais comum em crianças, adolescentes ou adultos jovens.  Os pacientes com diabetes tipo 1 correspondem a menos de 10% de todos os casos de diabetes na população. 90% (ou mais) dos casos de diabetes são do tipo 2.
Quais são as causas do diabetes tipo 1?
Ainda não são conhecidos todos os fatores que provocam o diabetes tipo 1. O que se sabe é que a possibilidade de apresentar o diabetes é claramente herdada - ou seja, depende de fatores genéticos. Outro fato que já foi identificado é que existem alguns fatores externos que desempenham um papel no aparecimento do diabetes.
Assim, o diabetes tipo 1 parece ocorrer quando alguma coisa no ambiente - uma toxina, ou um vírus, ou mesmo um quadro de estresse psicológico muito intenso - serve para desencadear uma resposta exagerada do sistema imunológico, que lança um ataque contra uma parte do próprio organismo do paciente: o pâncreas, levando à destruição das células beta pancreáticas, responsáveis pela produção de insulina. Depois de um determinado nível de agressão, o paciente não consegue mais produzir a própria insulina, e passa a apresentar as características clínicas da deficiência de insulina: aumento da glicemia no sangue, desequilíbrio dos níveis de colesterol e triglicerídeos, perda de peso etc.
Alguns marcadores desse ataque imunológico podem ser encontrados no sangue da maioria das pessoas que desenvolvem diabetes tipo 1: são os chamados auto-anticorpos. Eles podem ser detectados em até 90% dos pacientes, geralmente no início.Há algum cuidado especial para pessoas com diabetes quando estiver muito calor?
Desidratação é uma grande preocupação, por isso lembre-se de tomar bastante água. Evite também atividades extenuantes ao ar livre em dias muito quentes. Se precisar ficar ao ar livre, fique na sombra o máximo que puder. Não se esqueça de levar alguma identificação consigo, em caso de emergência. Se precisar levar insulina (Hormônio produzido pelo pâncreas que ajuda o corpo a usar glicose para obter energia) tenha o cuidado de mantê-la na temperatura máxima de 32°C. Peça ao especialista em diabetes alternativas para dias assim.
Os adoçantes causam algum problema de saúde?
Os adoçantes podem ser consumidos pelas pessoas com diabetes, respeitando sua IDA (Ingestão Diária Recomendada), isto significa um nível do composto químico que possa ser consumido diariamente com segurança durante toda a vida.
Pessoas com diabetes podem ter filhos?
O diabetes não impede as pessoas de ter uma vida social, afetiva e familiar normal. O segredo é APRENDER sobre o diabetes, para poder manter um bom controle de sua glicemia. Mulheres que têm diabetes, com glicemias bem controladas e gravidez planejada, terão gestação normal.
O estado emocional altera o meu diabetes?
A resposta é que o estado emocional interfere sim nas taxas glicêmicas, assim como outros fatores como uso de medicamentos, alimentação e atividade física. Mas é importante prestar atenção para glicemias sempre elevadas, pois os estados emocionais não costumam provocar alterações duradouras. Neste caso, a recomendação é procurar o médico para ajuste no tratamento
Eu nunca consigo obter uma amostra de sangue de tamanho suficiente. Como posso aumentar o fluxo de sangue?
Antes de espetar o dedo, coloque-o na água quente por uns 15 a 30 segundos. Isto ajudará a trazer o sangue para a superfície. (Apenas assegure-se de secar bem o dedo). Você também pode colher amostras de sangue das laterais usando uma lanceta bem fina. Antes de picar o dedo, agite um pouco as mãos ao lado do corpo e empurre o sangue em direção às pontas dos dedos. Desta forma, provavelmente você conseguirá uma boa gota e não precisará se picar várias vezes. Faça rodízio nos dedos para evitar que apenas um deles seja picado com muita frequência. Como o acionamento do glicosímetro é muito rápido, note que, ao sentir a picada, o sangue não sai imediatamente. Espere por 5 a 10 segundos e empurre o sangue para frente, em direção da área picada.

O Diabetes não tira ferias e requer cuidados durante o dia todo. O controle diário e a aplicação de insulina devem ser realizados conforme a orientação do seu médico.

FALE CONOSCO

ENVIE SUA MENSAGEM, SUA SUGESTÃO OU CRÍTICA.
CASO QUEIRA ENVIA A SUA HISTÓRIA TEREMOS O MAIOR PRAZER EM PUBLICÁ-LA.


E-MAIL PARA CONTATO
: jjj.gusmao@terra.com.br